Corona estava em risco de exclusão para o clássico de sábado, com o Sporting, que pode ser decisivo para as contas do título, por ter 4 cartões amarelos na sua contabilidade da época, mas evitou ver qualquer cartão na visita da noite de segunda-feira do FC Porto ao Funchal e vai assim poder estar às ordens de Sérgio Conceição para o embate com os leões.

O internacional mexicano foi titular e alinhou praticamente todo o encontro, sendo substituído já no período de descontos, logo a seguir ao segundo golo dos 'dragões' no suado triunfo por 2-1 sobre o Marítimo. À passagem do minuto 17, Corona ainda teve uma entrada mais dura sobre Correa, mas o árbitro da partida, Vítor Ferreira, ficou-se pela admoestação verbal e um aviso ao jogador.

Ao terminar o encontro sem ser 'amarelado', Corona seguiu, assim, o exemplo dos três jogadores do Sporting que se encontravam na mesma situação e que também não foram admoestados na respetiva partida da 20.ª jornada, sábado, frente ao Portimonense. Eram eles Sebastián Coates, Nuno Santos e Matheus Nunes. Coates e Nuno Santos foram titulares, ao passo que Matheus saltou do banco de suplentes a três minutos do final, para o lugar de João Palhinha. Palhinha que poderá, assim, ser o único ausente por castigo, caso haja entretanto decisão sobre o seu quinto cartão amarelo, visto á 15ª jornada no Bessa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.