A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) informou hoje que vai "suspender o pagamento de quotas no período em que competições de futebol e futsal se encontrem paradas", devido à pandemia de Covid-19.

Em comunicado, a entidade liderada por Luciano Gonçalves recorda a "gravidade do momento”, razão pela qual decidiu interromper o pagamento de quotas dos sócios.

"A direção da APAF tomou a decisão de suspender o pagamento de quotas no período em que as competições de futebol e futsal se encontrem paradas. Uma medida que, apesar de um forte impacto na tesouraria da associação, representa o nosso contributo para os tempos difíceis que todos estamos a enfrentar", refere a nota emitida pela APAF no seu site oficial.

A maioria das competições de futebol em todo mundo encontram-se suspensas, devido ao novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, que infetou mais de 231 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 9.350 morreram.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 785, mais 143 do que na quarta-feira. O número de mortos no país subiu para três, segundo a DGS.

Das pessoas infetadas em Portugal, três recuperaram.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de hoje, depois de a Assembleia da República ter aprovado na quarta-feira o decreto que lhe foi submetido pelo Presidente da República, com o objetivo de combater a pandemia de Covid-19, após a proposta ter recebido pareceres favoráveis do Conselho de Estado e do Governo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.