O Governo Regional da Madeira vai suportar os testes de covid-19 do Marítimo, que se prepara para o retorno da I Liga portuguesa de futebol, garantiu hoje o presidente do executivo, Miguel Albuquerque.

“Vamos assegurar, e já combinei com o presidente do Marítimo, que os testes dos jogadores e da equipa técnica do Marítimo são suportados pelo Governo. Não há nenhum problema”, informou o líder do Governo madeirense, em declarações à RTP-Madeira.

Miguel Albuquerque considera “fundamental” a união do povo madeirense e assegurou ter ajudado o clube ‘verde rubro’ a conseguir realizar os cinco jogos que tem como visitado no Funchal.

“Fiz tudo o que era possível e o que estava ao meu alcance para o Marítimo não ser prejudicado, e não vai ser até ao final do campeonato, disputando em casa os seus jogos”, vincou.

A subida de outro clube madeirense ao principal escalão, o Nacional, foi também mencionada e elogiada pelo chefe do Governo.

“Fiquei muito satisfeito com a situação do Nacional. Estava a liderar a II Liga, subiu e está tudo resolvido. É bom termos duas equipas na I Liga”, felicitou Miguel Albuquerque.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, Escócia, Bélgica e dos Países Baixos foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 03 de junho. A Liga alemã foi retomada em 16 de maio.

A I Liga vai ser reatada sob fortes restrições e sem público nos estádios em 03 de junho, com o encontro entre Portimonense e Gil Vicente, naquele que vai ser o primeiro dos 90 jogos das últimas 10 jornadas, até 26 de julho.

Após 24 jornadas, o FC Porto lidera a competição, com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica.

Além do principal escalão, também a final da Taça de Portugal, entre Benfica e FC Porto, integra o plano de desconfinamento face à pandemia de covid-19, ainda em data e local a designar.

​​​​​​​

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.