O plano com orientações no âmbito da pandemia de COVID-19 para retomar em segurança os jogos de futebol não ficou fechado na reunião entre clubes e Direção-Geral da Saúde, disse hoje o secretário de Estado da Saúde.

“É uma situação que está a evoluir, não há ainda nada fechado ou definido”, disse António Lacerda Sales na conferência de imprensa diária sobre a pandemia.

Ainda assim, o governante disse que a reunião, que se realizou na quarta-feira, entre Direção-Geral da Saúde e os principais clubes nacionais, “correu muito bem”.

O secretário de Estado da Saúde adiantou que está a ser feito “um trabalho de adequação”, que garanta o "cumprimento das regras sanitárias e de segurança” dentro dos estádios.

“Para nós e para os portugueses é muito importante que haja uma retoma da atividade sem que isso quebre qualquer regra de segurança ou regra sanitária”, sublinhou.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 263 mil mortos e infetou cerca de 3,7 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de um 1,1 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.105 pessoas das 26.715 confirmadas como infetadas, e há 2.258 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.