O Rio Ave, da I Liga portuguesa de futebol, realizou hoje exames de despiste à COVID-19 a todo plantel, equipa técnica e restantes elementos da estrutura que integram, diariamente, os trabalhos do grupo.

Os exames, que foram realizados no estádio, irão, segundo informação do clube, "permitir despistar algum eventual caso de infecção de pessoa assintomática, uma vez que nenhum sintoma suspeito foi identificado entre todos os analisados recentemente".

O plantel do Rio Ave regressou aos treinos no início da semana, estando a evoluir dividido em dois grupos, e tendo adotado uma série de procedimentos de segurança, nomeadamente o distanciamento, o recurso a material exclusivo para cada atleta devidamente higienizado e avaliação diária de eventuais sintomas.

Nesta sessão de testes de despistagem à COVID-19, apenas o médio brasileiro Lucas Piazón não participou, uma vez que foi autorizado a acompanhar o nascimento do primeiro filho.

Os resultados dos exames de despiste à COVID-19 realizados hoje ao plantel do emblema vila-condense deverão ser conhecidos até ao final desta semana.

Em Portugal, a pandemia de COVID-19 já provocou a morte de 1.105 pessoas das 26.715 confirmadas como infetadas, e há 2.258 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.