O internacional português Rolando, do Sporting de Braga, defendeu hoje a presença de públicos nos estádios de futebol, respeitando "as normas de segurança".

A I Liga 2020/21 tem início marcado para o fim de semana de 19E 20 de setembro e o experiente jogador frisou a importância de ter de volta os adeptos aos recintos, o que deixou de ser possível por causa da pandemia de COVID-19 e permanece uma incógnita para a próxima época.

"É como quando alguém vai a um espetáculo, paga para assistir. Nós somos os atores deste espetáculo e jogamos para os adeptos. É claro que é importantíssimo tê-los no estádio, de acordo com as normas de segurança que já vêm sendo implementadas", disse o jogador aos meios do clube.

Para Rolando, "o futebol precisa dos adeptos e é para os adeptos", mostrando confiança de que, "com calma", eles vão regressar às bancadas.

Rolando, que faz 35 anos na segunda-feira e que chegou ao clube minhoto no final de fevereiro, tendo participado em três jogos na época passada (apenas 85 minutos no total), referiu ainda que os jogadores estão "ansiosos por recomeçar", num dia em que é conhecido o sorteio do campeonato.

"Estamos ansiosos por recomeçar. Ansiosos não tanto pelo adversário, porque importa-nos é trabalhar para estarmos preparados. A equipa está a trabalhar para chegar ao melhor nível. Já vamos começando a fazer mais minutos competitivos a sério para quando chegar a competição e a Liga estarmos preparados", disse o defesa central bracarense.

A pandemia de COVID-19 já provocou pelo menos 832 mil mortos e infetou mais de 24,5 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.815 pessoas das 57.074 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.