João Pedro Araújo, diretor do departamento clínico do Sporting, revelou na tarde desta segunda-feira que Nuno Mendes e Sporar, que estavam supostamente infetados, são afinal falsos positivos.

"Ambos os atletas testaram positivo na passada quarta-feira, no teste PCR que antecedeu a jornada 14 da I Liga. O Sporting sempre cumpriu e cumprirá os planos de testagem protocolados, tendo até implementado medidas adicionais, com a introdução de rastreios internos, com testes rápidos. Em virtude da dissonância dos testes realizados internamente e os testes PCR, foram realizados mais dois testes PCR em outros dois outros laboratórios distintos, dia 15 e dia 16. Ambos os resultados foram negativos, pelo que se pode concluir, que os resultados que antecederam a partida com o Rio Ave foram falsos positivos", começou por dizer.

O diretor do departamento clínico do Sporting reforçou que a direção dos leões "reconhece o extremo valor destes testes no combate à pandemia" e lembra que "errar é bastante raro".

"Pode haver contaminações da amostra, quer durante a recolha, quer durante o processamento da mesma. É com mágoa que registamos este erro, porque obrigou, de forma errada, a equipa técnica a privar o seu plantel do jogo frente ao Rio Ave. Quero agradecer às autoridades de saúde e laboratórios pela célere resposta, esperando que ambos possam estar disponíveis para serem utilizados", acrescentou João Pedro Araújo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.