O médio internacional cabo-verdiano Davidson Renato da Cruz Coronel "Bijou", 27 anos, que na última época subiu para I liga portuguesa com o Arouca, não entra nas contas do treinador Pedro Emanuel.

De acordo com edição de hoje do jornal Record, o jogador, que tem contrato até 2014, enfrenta uma forte concorrência dos médios Nuno Coelho e Soares.

Aquele jornal escreve ainda que o Moreirense da segunda Liga já demonstrou interesse no jogador que, caso se transfira para a formação de Moreira de Cónegos, vai reencontrar o treinador Vítor Oliveira, que o treinou no ano passado no Arouca.

«Porém, não está de parte a possibilidade de o jogador emigrar e, a colocar-se este cenário, Chipre, Dubai e Qatar são os destinos em carteira», adianta.

No ano passado, Bijou foi uma das peças importantes na subida inédita do Arouca à I Liga Portuguesa, tendo marcado o golo da vitória contra o Feirense que foi crucial para a promoção dos arouquenses.

Formado na Escola de Preparação Integral de Futebol, EPIF, na cidade da Praia, Bijou chegou a ser apontado como a grande esperança do futebol cabo-verdiano, mas passou praticamente ao lado da sua expectativa.

Depois de uma passagem pelo Sporting da Praia, representou o Benfica B nas temporadas 2004/05 e 2005/06, chegando mesmo a fazer parte da equipa encarnada que se deslocara a Cabo Verde, numa comitiva presidida pelo presidente Luís Filipe Vieira.

Antes de rumar ao emblema de Fafe, Bijou, de Achada de Santo António, Praia, representou ainda as equipas de Gondomar (2006/07), CSKA de Sofia (2007/08) e Fátima.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.