O médio Bryan Cristante fez um balanço dos primeiros tempos ao serviço do Benfica. O jovem de 20 anos destacou a dimensão do clube "encarnado" e garantiu que não tem intenção de regressar a Itália num futuro próximo.

"Sair do país era algo com que sonhava desde pequeno. Queria sair para longe de todos e crescer mais rápido. Em Portugal sinto-me mais sozinho, mas mais rico em termos pessoais. O Benfica é um grande clube, tal como o Milan, e espero no futuro continuar fora de Itália e visitar diferentes países", disse Cristante durante o estágio da seleção italiana de sub-20, em declarações à Gazzetta dello Sport.

"Lisboa é uma cidade fantástica e o Benfica é um clube enorme e exigente, com as pessoas a pedirem muito dos jogadores. Todas as semanas temos pelo menos 40 mil pessoas no estádio. Há muita responsabilidade e pressão. Depois temos o Rui Costa, o nosso diretor desportivo. Falo muito com ele sobre o Milan e ele faz-me muitas perguntas", referiu ainda.

Cristante recorda o Milan com carinho, mas não pretende regressar em breve: "Continuo a sentir-me parte da família do Milan. Para mim o Milan é e sempre foi um sonho desde menino, porque é um clube glorioso e cheio de grandes campeões. Como adepto que sou talvez um dia, com muitos anos de experiência internacional, regresse".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.