O treinador do Santa Clara, Daniel Ramos, disse hoje que a sua equipa tem de “andar a 100” para alcançar um resultado positivo frente ao Sporting de Braga, na 19ª. jornada da I liga de futebol.

“Para conseguirmos um resultado positivo perante uma grande equipa como o Braga, isto está demonstrado, é preciso andarmos a 100, é preciso andarmos com tudo, a atacar e a defender. Ser competente a atacar e a defender, claramente, não há outra forma”, declarou o treinador.

Daniel Ramos falava em conferência de imprensa, no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, antes da receção ao Sporting de Braga. Açorianos e ‘arsenalistas’ já se defrontaram por duas vezes esta época, com uma vitória para cada lado.

O Santa Clara venceu o Sporting de Braga por 1-0, na segunda jornada do campeonato, ao passo que a equipa treinada por Carlos Carvalhal venceu a de Daniel Ramos por 2-1 nos quartos de final da Taça de Portugal.

O treinador do conjunto açoriano considerou que as duas equipas têm uma “forma de atuar muito definida” e realçou que, ao contrário dos outros dois encontros, o jogo de domingo vai ser disputado no estádio de São Miguel.

“Diferente também vai ser jogarmos cá [em casa], porque os outros dois jogos foram fora. Podemos jogar também com as características do relvado, inclusivamente, que é um resultado diferente do de Braga”, disse.

Daniel Ramos desvalorizou o calendário do adversário (que realizará no domingo o terceiro jogo em sete dias), enaltecendo a “qualidade” do plantel dos minhotos.

“A vantagem que o Braga neste momento tem é a riqueza do seu plantel, é a capacidade de resposta, para cada uma das posições poder trocar e não se notar que trocou”, assinalou.

Além de ter “soluções para todas as posições”, o treinador do Santa Clara considerou que o Sporting de Braga tem um “bom jogo posicional”, é “forte nas transições”, tem uma “defesa solidária” e uma “boa dinâmica ofensiva”.

“O Braga tem um lado ofensivo muito forte do ponto vista da objetividade pelo golo. É uma equipa que cria sempre muitas oportunidades, tem vários ‘homens golo’, não vive dependente de um ou dois jogadores”, apontou.

Daniel Ramos considerou serem “pouquinhos” os pontos fracos da equipa de Carvalhal, mas frisou que “todas as equipas têm fragilidades”.

“Os aspetos menos bons vou guardá-los para mim, porque vou tentar explorá-los, é importante percebermos que todas as equipas têm fragilidades”, assinalou.

Para o campeonato, o Santa Clara vem de uma vitória por 2-1 frente ao Marítimo, na Madeira, enquanto o Sporting de Braga empatou a duas bolas frente ao FC Porto, na última jornada da I Liga.

Santa Clara, sétimo classificado com 25 pontos, recebe o Sporting de Braga, terceiro, com 37, no domingo, às 16:30 (mais uma hora em Lisboa), no estádio de São Miguel, nos Açores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.