“Não começámos bem, com uma derrota [1-2 na Luz frente à Académica], e estamos cheios de vontade de dar a volta. Tem de ser já este sábado”, disse o internacional brasileiro em declarações exclusivas à BenficaTV.

Apesar de reconhecer as dificuldades do embate com os madeirenses e de salientar que “o Benfica e os seus jogadores respeitam todos os adversários”, David Luiz acentuou que o grupo entra em campo “sempre para ganhar”.

“No próximo jogo vamos dar a volta. O Benfica é o Benfica. Joga sempre para ganhar”, disse, acrescentando que a equipa quer trazer do estádio da Choupana “os primeiros três pontos do campeonato”.

David Luiz, que capitaneou a equipa na jornada inaugural da Liga, manifestou o seu respeito pelos outros capitães – Nuno Gomes e Luisão –, mas não deixou de expressar agrado por ter assumido aquelas funções frente à Académica, assegurando que não foge “dessa responsabilidade”.

O defesa central dos “encarnados” disse ainda estar certo do “apoio dos sócios no próximo sábado”, destacando que os adeptos estiveram e estão sempre com a equipa, nas vitórias e nas derrotas.

“De certeza que sábado estarão lá a apoiar-nos, do princípio ao fim. Do nosso lado só podemos garantir que trabalhamos sempre para fazer e dar o nosso melhor”, adiantou.

David Luiz classificou ainda como “a concretização de um sonho de criança” a primeira chamada à selecção brasileira [titular na vitória 2-0 sobre os EUA no passado dia 10], lembrando a visibilidade que lhe deu jogar no Benfica, acentuando “os sacrifícios” que passou e o que teve de lutar “para ali estar”.

“Esperei para ter a minha oportunidade e vou continuar a fazê-lo para voltar a poder estar ali. Trabalho para ter essas oportunidades. Fiquei muito feliz”, concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.