Os defesas Samuel e Javier Cohene, do Paços de Ferreira, treinam sem limitações e estão aptos a defrontar no sábado o Vitória de Guimarães, na 13.ª jornada da Liga portuguesa de futebol, disse à Lusa o director clínico do clube.

“O Samuel e o Cohene já estão a treinar normalmente com os colegas”, disse Manuel José, garantindo que “estão clinicamente aptos”.

O regresso à actividade dos dois centrais faz aumentar as opções defensivas do Paços de Ferreira face ao Vitória de Guimarães, uma semana depois de o técnico Rui Vitória ter sido forçado a utilizar o ‘polivalente’ Filipe Anunciação no eixo da defesa na vitória caseira com o Olhanense (1-0).

“Ele hoje queixou-se de dores, limitando o trabalho a ginásio e tratamento, mas penso que a contractura é apenas provocada pela contusão e poderá estar apto a jogar”, disse o clínico pacense.

Sem possibilidades de jogar, por estarem lesionados, permanecem os defesas Jason Davidson e Carlos Renan, o médio Maykon e os avançados Caetano, Nuno Santos, Alvarinho e Jorginho Sousa.

“O Jason recupera de uma entorse de primeiro grau no tornozelo direito, o Joginho Sousa é operado amanhã [sexta feira] de manhã à fractura no menisco, o Renan só deve tirar os pontos na sexta ou sábado, mas já faz ginásio e aos 15 dias deve começar a correr, e o Maykon vai fazer para a semana uma ecografia de controlo”, revelou Manuel José.

Os casos mais próximos da recuperação total envolvem Maykon e Caetano, acrescentou o clínico, precisando: “O Caetano apresenta queixas no tendão de Aquiles e decidimos atrasar um bocadinho a sua integração, enquanto o Nuno Santos faz corrida e ginásio, e amanhã [sexta feira] realiza uma ecografia para confirmar a recuperação total”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.