Treinador do Olhanense lamentou a intranquilidade com que a equipa entrou na Luz, assim como o golo encarnado de Rodrigo aos 27 segundos.

«Deve ter sido o golo mais rápido da I Liga e isso deu alento ao Benfica e a nós tirou-nos, criando um clima contrário ao que pretendíamos. Deixámos o Benfica jogar na primeira parte, nada a ver com aquilo que somos como equipa», disse o treinador do Olhanense, este sábado, em declarações à TVI.

«Temos uma equipa nova e não entrou da melhor forma. Mas pensámos que, com alguma sorte, podíamos tirar pontos. Há que dar mérito ao Benfica que jogou bem. Ainda bem que na segunda parte demos uma boa imagem, que limpou a exibição não conseguida na primeira», acrescentou.

O próximo encontro da formação do Algarve é com o FC Porto, em Olhão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.