Durante o discurso na inauguração da Casa do Benfica número 226, em Alvaiázere, no distrito de Leiria, Filipe Vieira afirmou que a "maior riqueza que o Benfica tem, aquilo que é a base mais sólida, mais indestrutível, são as pessoas".

Numa intervenção virada para dentro, Vieira garantiu hoje aos cerca de 250 participantes no almoço de confraternização que o Benfica ´"está hoje em condições de recuperar a mística, os valores e a dinâmica desportiva que conheceu algumas décadas antes", depois do "tremendo esforço feito na recuperação do clube".

"Demos uma linha de rumo ao Benfica e, nesse caminho que foi traçado, os sócios e adeptos fizeram sempre parte deste projecto. É por isso que aqui estou hoje, foi por isso que o projecto das Casas foi sempre acarinhado por todas as direcções por mim presididas", disse o dirigente "encarnado".

Luís Filipe Vieira foi recebido em Alvaiázere ao som da Banda Filarmónica Santa Cecília, frente à Câmara Municipal, poucos minutos depois do meio-dia, tendo depois entrado nos Paços do Concelho onde era aguardado pelo presidente da autarquia, Paulo Tito Morgado.

O líder benfiquista percorreu depois cerca de uma centena de metros até ao novo espaço dos "encarnados" mesmo no centro da vila, umas instalações com 100 metros quadrados, acompanhado dos dirigentes locais e de mais de duas centenas de simpatizantes.

Helena Ventura, professora do ensino superior, de 50 anos, é a mulher que preside à Casa de Alvaiázere, fundada em 29 de Novembro de 2008, que conta já com 300 associados, numa vila com cerca de três mil habitantes.

"Foi o amor ao Benfica que me levou a meter nisto", disse Helena Ventura aos jornalistas, referindo mais tarde, na sua intervenção, que a abertura da Casa do Benfica foi um sonho "que se tornou real" depois de uma comissão instaladora ter "acreditado que era possível".

A casa 226 do Benfica encontra-se já decorada com a nova imagem do clube da águia, que está a reconverter todas as casas de associados para uma imagem uniforme.

Segundo o vice-presidente para as Casas do Benfica, Domingos Lima, até ao final do ano vão abrir mais 12 casas com a nova imagem e sete encontram-se em processo de reconversão.

A inauguração da Casa do Benfica de Alvaiázere, que se integrou na sétima edição do Festival do Chícharo, inclui ainda, às 18:00 horas, um jogo de futebol entre as velhas glórias do Sport Saudade e Benfica e dos Pés-de-Chumbo do Grupo Desportivo de Alvaiázere.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.