Dias Ferreira já reagiu ao processo que Benfica instaurou a Jorge Jesus, pedindo ao treinador 7,5 milhões de euros. Os "encarnados" confirmaram que o último mês de salário de Jesus não foi entregue por entender que o treinador não estava sob contrato.

“Por enquanto, ainda só sorrio, antes de começar a rir à gargalhada. A postura do Benfica dá-me vontade de rir”, começou por dizer o antigo dirigente leonino à Rádio Renascença.

Dias Ferreira disse ainda que o Benfica está com problemas de “digestão”.

“Não percebo nada de medicina mas, quando tenho os problemas que o Benfica está a ter, tomo `Kompensan`. É a chamada azia. E isso trata-se com outros remédios. Esse assunto não merece mais do que um sorriso”, disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.