Sporting e FC Porto estão de costas voltadas depois de os Dragões não terem cedido um camarote na tribuna presidencial para o clássico deste sábado no Estádio do Dragão. Recorde-se que, de acordo com os regulamentos, a equipa caseira terá de ceder, pelo menos, oito lugares na tribuna presidencial para os visitantes.

Perante este cenário, a direção do Sporting, que quer mais do que oito lugares, está a equacionar não marcar presença na tribuna presidencial e sentar-se nas bancadas ao lado dos adeptos leoninos. Bruno de Carvalho deverá sentar-se no banco de suplentes, como é habitual, ou mostrar-se solidário com a restante direção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.