A Polícia Judiciária e o Ministério Público iniciaram uma investigação sobre indícios que apontam para a existência de contratos "paralelos" de futebolistas com o Desportivo das Aves.

"A investigação, designada "Mala Ciao", apurou que tais documentos não estariam nas instalações do clube, mas sim guardados na casa da mãe de um dirigente. E efetuou buscas", pode ler-se na edição online do Jornal de Notícias.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.