Farias que tinha entrado na segunda parte para o lugar
de Belluschi fez o primeiro golo do encontro, aos 58 minutos, depois de um
erro do guarda-redes do Paços de Ferreira.

A dois minutos dos
90, Bruno Alves mostrou que continua a ser indispensável para a equipa
e cabeceia para o fundo da baliza depois de um canto marcado por Mariano
Gonzaléz.

Apesar da conquista, o tetra campeão nacional mostrou
evidências que a máquina está ainda a ser afinada, talvez pela entrada
de novos jogadores e pela saída de jogadores como Lucho e Lisandro.

O
Paços de Ferreira entrou bem, depois de dois remates de Cristiano, mas
não conseguiu aguentar o ritmo dos azuis e brancos que na parte final
do jogo mostraram-se mais ofensivos.

Estas duas equipas já se
tinham defrontado na final da Taça de Portugal e o resultado final foi
semelhante ao desta noite. No desafio de 31 de Maio, Lisandro marcou
pelos azuis e brancos que conquistaram a dobradinha para Jesualdo
Ferreira na época 2008/2009.

O FC Porto conquista assim a sua
16ª Supertaça (a 5ª nos últimos 9 anos) no Estádio Municipal de Aveiro
e demonstra que quer iniciar a nova temporada com a mesma ambição de
vencer.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.