O FC Porto desferiu hoje um ataque a Rui Gomes da Silva através da sua newsletter 'Dragões Diário', onde tece duras críticas ao vice-presidente do Benfica pela sua posição contrária à aprovação do sorteio dos árbitros para a nova época.

A alteração aprovada na Assembleia Geral da Liga, que tem ainda de ser ratificada pela Federação Portuguesa de Futebol, põe termo ao sistema de nomeações que o Benfica defendeu na reunião magna do organismo. Para a publicação portista, "o Benfica estava interessado em manter tudo como estava no Conselho de Arbitragem".

"A verdade é como o azeite, vem sempre ao de cima e desta vez nem foi preciso esperar muito. O ex-ministro do PSD já se pronunciou sobre o regresso do sorteio dos árbitros, aprovado por larga maioria em Assembleia Geral da Liga de Clubes, e as declarações foram tão lapidares que quase soaram a confissão. É óbvio que o Benfica estava interessado em manter tudo como estava no Conselho de Arbitragem, ou não fossem as suas nomeações tantas vezes incompreensíveis e quase sempre simpáticas para o clube lisboeta. O ex-ministro do PSD agarra-se até a uma hipotética intervenção da UEFA, que ainda há pouco mais de um ano disse ser um organismo com “incapacidade de se actualizar”. E no que toca a “originalidades”, o último Campeonato nacional esteve cheio delas", refere a newsletter azul e branca.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.