O FC Porto, campeão virtual, e o Sporting são as duas equipas com mais golos marcados com o pé esquerdo e direito, respectivamente, com 27 cada, nas 26 jornadas da Liga portuguesa de futebol.

O brasileiro Hulk, autor de 22 golos e melhor marcador da Liga, é o grande responsável pelo acerto esquerdino dos “dragões”, com 22 tentos, enquanto os restantes foram assinados por Guarin (2), James Rodriguez (2), Varela, Falcao e Cristian Rodriguez.

Do lado dos “leões”, o chileno Jaime Váldes destaca-se nos golos apontados com recurso ao pé direito, contabilizando cinco, mais um do que Matias Fernandez, Liedson, Yannick e Postiga.

Os “dragões” detêm o melhor ataque e a melhor defesa da prova, com 61 golos marcados e 11 sofridos, e, além dos tentos assinados com o pé esquerdo, contam ainda com 24 golos apontados com o pé direito, oito de cabeça e dois na própria baliza.

O FC Porto obteve ainda 45 golos através de lances de envolvimento ofensivo, oito na marcação de grandes penalidades, três de livre e outros tantos após cantos ou reposições de linha lateral.

Mais modesto, o percurso ofensivo do Sporting queda-se pelos 36 golos, dos quais 27 com o pé direito, sete com o pé esquerdo e dois de cabeça. A maioria dos golos dos “leões” também resultou de jogadas de ataque organizado (25), seis na marcação de castigos máximos, três de cantos e um de livre.

No capítulo defensivo, dos 11 golos sofridos pelo FC Porto, oito resultaram de remates com o pé direito e três de cabeça – permanece com a baliza inviolável em “tiros” com o pé esquerdo –, dos quais quatro de bola corrida, três de grandes penalidades, dois de livre e outros tantos de canto.

Já o Sporting soma 26 golos sofridos, repartidos quase equitativamente por remates de pé esquerdo (11) e direito (13), tendo sido ainda batido por um cabeceamento e contando ainda um golo na própria baliza. Os “leões” foram batidos 14 vezes em lances de bola corrida, cinco de livre, cinco de cantos ou lançamentos de linha lateral e três de grandes penalidades.

Na primeira volta, em Alvalade, o chileno Jaime Váldes inaugurou o marcador com um remate de pé direito, na sequência de uma bola corrida, e o colombiano Falcao empatou com o pé esquerdo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.