Rui Costa destaca a importância da partida do Benfica com o Nápoles, por ser o último ensaio antes do arranque do campeonato, com o Marítimo.

Em declarações à BenficaTV, o administrador da SAD encarnada mostra-se ciente da importância de ganhar, mas ainda mais de uma avaliação rigorosa à equipa. «Tentámos programar a pré-temporada com o nível de adversários que dessem a preparação adequada para ver o nível da equipa. Todos queremos ganhar sempre, mas nesta fase é importante ver como está a equipa. O objetivo é entrar bem no Campeonato e estar focado no jogo com o Marítimo», afirmou.

O dirigente do clube da Luz foi bastante acarinhado na chegada a Itália, face ao seu passado na Fiorentina e AC Milan, onde deixou uma excelente imagem, algo que o sensibilizou. «Estive cá durante 12 anos, o afeto e o carinho das pessoas é sinal de que a minha passagem por este país não foi em vão e que deixei uma marca. É um motivo de orgulho e satisfação e o reconhecimento pelo que fiz aqui. É um prazer pessoal muito grande», considerou.

Rui Costa teceu ainda elogios aos adeptos do Nápoles pelo seu fervor e devoção à equipa. «O Nápoles tem uma massa adepta muito quente e envolvida com a equipa, são talvez os adeptos mais calorosos de Itália. E há ainda a particularidade de jogar no estádio de Maradona. Jogar onde um dos reis do futebol fez história é sempre importante».

O Benfica e o Nápoles medem forças esta sexta-feira, às 20h00. 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.