Leonardo Jardim não escondeu o orgulho por assumir o cargo de treinador do Braga. «É com muito orgulho que represento o SC Braga, um dos grandes do futebol português», afirmou o sucessor de Domingos Paciência no comando dos arsenalistas.

«É normal que numa equipa que joga para ganhar exista maior pressão. Conhecemos as dificuldades, mas são motivadoras. Vamos trabalhar para ultrapassá-las e manter o clube nos bons resultados que tem conseguido», frisou o técnico madeirense.

Leonardo Jardim assume o posto à beira de completar 10 anos de carreira, depois de passagens pelo Camacha, Chaves e Beira-Mar, e descreve a chegada ao Braga como o expoente: «A minha carreira começou num ponto muito baixo e tem crescido. Sim, este é o ponto mais alto.»

Sobre os pedidos que António Salvador lhe fez para a temporada, o técnico - que assinou com o clube por três épocas - foi claro na ambição do clube em voar mais alto: «Além dos objectivos desportivos que estão traçados, o presidente pediu-me trabalho e profissionalismo e que forme jogadores de forma a valorizar os activos do clube». 

O Braga mostra-se activo no mercado de transferências, mas Leonardo Jardim vincou que só a partir de agora os reforços terão o seu aval. Todavia, o treinador deixou elogios à estrutura directiva: «Os jogadores que irão entrar no SC Braga a partir deste momento é com o meu aval, os que já foram contratados foi com o aval da estrutura do SC Braga, que tem sabido muito bem construir plantéis de qualidade». 

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.