A 25ª jornada iniciou-se com uma vitória do Marítimo sobre a Académica por 1-0. Este triunfo permitiu aos insulares aumentarem para quatro pontos a vantagem sobre o Sporting.

Nada que, na opinião de Ricardo Sá Pinto, faça aumentar a pressão sobre os seus jogadores, uma vez que jogar no Sporting implica sempre pressão.

«A  pressão existe sempre. Nunca nos acomodamos. O próximo jogo é sempre para ganhar. Para os jogadores é uma honra viver com esta pressão e trabalhar num clube com a dimensão e a exigência do Sporting Clube de Portugal», disse o treinador, em conferência de imprensa.

Este jogo marca o regresso de Ricardo Sá Pinto a Leiria, clube onde iniciou a sua carreira como treinador. Para além desse facto, o agora técnico dos leões vai encontrar do outro lado José Dominguez. Motivos mais do que suficientes para tornarem este encontro num encontro especial.

«Iniciei a minha carreira de treinador na União de Leiria onde fui muito acarinhado e bem recebido. Tivemos um grupo de jogadores de enorme qualidade que enfrentaram grandes dificuldades financeiras durante toda a época. Não consigo ser indiferente a esse sentimento porque nos marca para sempre. Tenho ainda três grandes amigos na equipa técnica: o Dominguez, o Oceano e o Vasco Évora. Vamos, infelizmente, ser rivais durante 90 minutos».

O jogo U. Leiria – Sporting tem início marcado para as 18h15 deste domingo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.