O médio brasileiro Elias, que representa o Sporting, concedeu uma entrevista ao Globoesporte e recordou a sua primeira passagem pelo clube de Alvalade, entre 2011 e 2013, tendo revelado a existência de salários em atraso na época em questão.

"Antes de eu ter sido emprestado ao Flamengo, o clube passou por um período difícil, com salários atrasados. Isso acabava por influenciar dentro de campo. Quando este presidente [Bruno de Carvalho] assumiu, eu estava fora do clube. Quando voltei, ele controlou os gastos e conseguiu colocar as finanças em dia. Trabalhou muito. Fico feliz em receber essa oportunidade de novo", disse o jogador brasileiro.

"Em relação à minha saída, só passei a trabalhar com o Bruno de Carvalho quando voltei do empréstimo, mas o meu pai já tinha negociado com ele para tentar a minha transferência. Como não houve acordo, eu sabia que ia ficar a treinar em separado. Mas graças a Deus as coisas foram resolvidas", explicou.

O médio falou ainda sobre a presente temporada, explicando qual a diferença que identifica no Sporting atual.

"A grande diferença que sinto é a ambição por títulos. Desde diretores até à comissão técnica e jogadores. Todos com brilho nos olhos e a ambição que se vê em entrevistas e nas decisões que são tomadas. Estamos a trabalhar muito para conquistar os títulos. É difícil, porque aqui é um campeonato em que, se você perde um jogo, pode fazer a diferença no título", indicou o jogador.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.