O empresário de Pedrinho, Will Dantas, esclareceu ao jornal desportivo 'Record' que o Benfica não está em incumprimento no pagamento pelo brasileiro de 22 anos.

"Estava programado para ser pago em cinco anos. A primeira parcela ainda não venceu. As pessoas falam muitas coisas sem saber, sem a informação correta. O que o Corinthians estava a tentar e vai fazer é antecipar as outras parcelas. Ainda não foi feito face a medidas burocráticas do Banco. De resto, está tudo ok, não há problema algum", garantiu o empresário.

Will Dantas falou ainda sobre o atraso na chegada de Pedrinho a Portugal. "Estava programado ele ir a 1 de julho. Só que com tudo isso que está a acontecer, face à pandemia do coronavírus, a temporada 2019/20 atrasou e ainda faltam alguns jogos. Chegámos a um entendimento comum e não seria necessário que ele fosse agora para lá. Ficou acordado que esperasse terminar a temporada 2020/21 e então iria para Portugal e apresentava-se lá. Não há nada além disso", acrescentou.

Recorde-se que a contratação de Pedrinho foi oficializada em março, a troco de 20 milhões de euros. O jogador brasileiro assinou um vínculo válido até junho de 2025, ficando 'blindado' por uma cláusula de rescisão de 120 milhões de euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.