O empresário de Gonzalo Plata, Manuel Sierra Camacho, revelou esta quarta-feira as razões que levaram o extremo equatoriano a optar pelo Sporting quando tinha o Barcelona interessado na sua contratação e assumiu que a intervenção de Hugo Viana foi 'fundamental' nas negociações.

"No Barcelona, sabíamos que ele não iria trabalhar junto da equipa principal nos tempos mais próximos, e no Sporting foi-nos logo dito que o Gonzalo trabalharia integrado na equipa A", afirmou Manuel Sierra Camacho ao jornal A Bola.

Recorde-se que depois de conquistar o Campeonato Sul-Americano de Sub-20 pelo Equador e garantir o apuramento para o Campeonato do Mundo do escalão, Gonzalo Plata é esperado em Lisboa para integrar o plantel de Marcel Keizer.

"Mesmo que depois não entre nas contas do treinador, tem a equipa de sub-23 para ter essa dinâmica de jogo, de competição, e por esse motivo a nossa escolha… na hora da decisão, a balança pesou claramente para o lado do Sporting", sentenciou o empresário antes de falar sobre a intervenção de Hugo Viana no processo.

"O diretor desportivo, Hugo Viana, foi fundamental na escolha. Falou com o Gonzalo, enviou-lhe uma mensagem que o deixou muito sensibilizado", atirou Manuel Sierra Camacho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.