O diretor de comunicação do Benfica revelou esta sexta-feira que Francisco J. Marques recebia uma avença do FC Porto enquanto era jornalista e editor de desporto da Agência Lusa.

Em declarações à BTV, Luís Bernardo afirmou que o clube da Luz tem provas que o diretor de comunicação do FC Porto recebia uma verba do clube portista quando ainda era jornalista e editor de desporto da Agência Lusa.

"Há três ou quatro meses, o Benfica recebeu uma informação que dava acesso ao contrato do responsável pela comunicação do FC Porto. Aí estava demonstrado que enquanto era jornalista e editor de desporto da Lusa já recebia uma avença do FC Porto. Não sei se é verdade ou mentira, mas iremos fornecer tudo isto para ser objeto de investigação. Não é na praça pública que o fazemos, temos de prestigiar o futebol português", atirou Luís Bernardo, diretor de comunicação do Benfica, para depois recordar uma antiga queixa na ERC contra o atual dirigente do FC Porto por 'prática de jornalismo tendencioso'.

"É um contrato de trabalho a termo certo. O que está declarado é que, na data em que era editor de desporto da Lusa, já tinha avença com o FC Porto. É muito grave. Ao investigar descobrimos que o Benfica tinha feito queixa na ERC, em relação ao atual diretor de comunicação do FC Porto, por prática de jornalismo tendencioso", frisou Luís Bernardo.

"Tem de perceber a gravidade deste tipo de atitudes. O Benfica tem muita informação, mas não é para a praça pública. O futebol português tem de ser privilegiado. O Benfica tem feito um trabalho tremendo, nos últimos 15 anos, apostamos na formação e não no crime informático. A Justiça que faça o seu trabalho e tire as suas conclusões, mas o Benfica está muito tranquilo e exigirá consequências", sentenciou sobre o assunto Luís Bernardo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.