O guarda-redes do FC Porto, Fabiano Freitas afirmou esta terça-feira que um jogador tem de estar sempre preparado para tudo. Em entrevista ao GloboEsporte, o guardião dos azuis e brancos recordou a forma como conquistou a titularidade nos dragões.

“Infelizmente, foi pela lesão do nosso companheiro, mas são coisas que podem acontecer no futebol. Mas, quanto à 'estrela', acho que é preciso estar sempre preparado. Sempre tive esse pensamento desde que cheguei ao Porto, de estar pronto para jogar, mesmo quando não era titular. Acho que é mais resultado de um trabalho que desenvolvemos para, quando a oportunidade chegar, nos sentirmos preparados. Esperei pela hora certa, e ela chegou”.

Sobre Andrés Fernández, guarda-redes que chegou do Osasuna para lhe fazer concorrência, o brasileiro de 1, 97 metros garante que não se sentiu ameaçado com a presença do espanhol.

“Não me senti ameaçado. Acho que é preciso ter confiança no nosso trabalho, o que eu tenho muito. Isso só nos motiva a trabalhar cada vez mais para estar ao nível do clube. Comigo acontece sempre isso, procuro concentrar-me no trabalho, no dia-a-dia, para estar em grande forma”, disse.

Fabiano está no FC Porto desde 2012, altura em que deixou o Olhanense para assinar pelos ‘dragões’. Depois de ter estado na sombra de Helton, titular da baliza portista nos últimos anos, o jovem guardião assumiu a titularidade na sequência da lesão do veterano. Esta época, Fabiano tem sido aposta recorrente de Julen Lopetegui para a baliza dos azuis e brancos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.