Danilo assumiu no 'media day' promovido pelo FC Porto que o 'tri' foi o culminar de uma «temporada complicada».

«Agora é comemorar por muito tempo, pois merecemos. Estou cansado fisicamente, mas de cabeça relaxada, porque conseguimos alcançar o objetivo: Temos de comemorar muito porque todos merecemos», afirmou o lateral brasileiro aos jornalistas, sublinhando que a equipa soube conviver bem com a pressão: «Trabalhamos para o objetivo do título e a pressão dos adeptos é natural, pois estão habituados ao primeiro lugar».

E deixou um aviso a todos os que podem chegar ao FC Porto para a próxima época. «Um jogador que não lida bem com a pressão não consegue jogar no Porto».

Sobre o campeonato, Danilo subscreve a ideia do clássico como o jogo decisivo do título. «Sabíamos que a partir do momento em que as coisas dependessem de nós, sabíamos que podiamos vencer o campenato.  Conseguimos passar para a frente e depois foi só gerir. No golo do Kelvin contra o Benfica, eu estava com dores nas pernas mas dei um pique até à outra ponta sem sentir dor nenhuma. Até o Fernado que tinha o tornozelo magoado, conseguiu atravessar o campo todo para abraçar o Kelvin. O golo curou tudo o que era dor», disse.
«Estou feliz por ter conquistado estes dois titulos e espero ganhar mais», rematou Danilo, elogiando o convívio com os campeões de andebol e hóquei em patis, por manter «a tradição de vitória do FC Porto».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.