Fonte oficial do clube disse à Agência Lusa que a inauguração das novas Casas do Benfica - nos estados de Connecticut e Massachussetts (nordeste) - surgiu a convite das agremiações de benfiquistas radicados nos Estados Unidos.

A deslocação estava prevista há pelo menos quatro meses e aguardava apenas pela disponibilidade de agenda de Luís Filipe Vieira, adiantou.

A direcção vem representada por dois vice-presidentes, além do presidente, e nenhum jogador estará presente, já que o Benfica recebe terça feira o Hertha de Berlim, para a segunda “mão” dos 16 avos de final da Liga Europa em futebol.

O périplo do presidente benfiquista começa hoje (17:30 locais, 22:30 de Lisboa) em New Bedford, mais de 80 quilómetros a sul de Boston, onde é esperada a comparência de cerca de 300 pessoas, segundo a organização.

A expectativa, segundo fonte oficial do clube, é de forte comparência nas outras inaugurações, até pelo sucesso que o clube tem vindo a conhecer esta temporada, líder no campeonato nacional de futebol.

Sábado, logo pela manhã, a comitiva segue para a Casa da cidade de Chicopee, e, da parte da tarde, entra no estado do Connecticut, onde inaugura a Casa do Benfica na capital estadual, Hartford.

Domingo será inaugurada a casa de Danbury, já na fronteira entre o Connecticut e o estado de Nova Iorque, e o regresso está previsto para segunda-feira, via Newark.

Estima-se que residam actualmente nos Estados Unidos mais de 1,3 milhões de portugueses e luso-descendentes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.