David é um dos quatro futebolistas da formação do FC Porto no estágio de Marienfeld, na Alemanha, e apesar de «trabalhar para ficar no plantel principal» admite que um empréstimo lhe permitiria jogar com mais regularidade.

«Estou a realizar um sonho e é motivo de muito orgulho estar neste estágio, o que sempre ambicionei», afirmou o habitual defesa direito dos juniores portistas que, jogando à esquerda, fez a assistência para o primeiro golo do jogo de domingo passado (10-1 ao FC Gutersloh), marcado por Kléber.

Juntamente com Kadú, Cristian e Tiago Ferreira, que foi hoje chamado pelo seleccionador português de sub-20, Ilídio Vale, para os trabalhos de preparação para o Mundial2011, David cumpre o estágio dos “dragões” e entrega o seu futuro a Vítor Pereira: «Os responsáveis do clube saberão o que é melhor para mim».

Para o campeão nacional de juniores, com vínculo ao FC Porto até 2014, o empréstimo não o desmotiva, porque lhe permite «ganhar experiência e ritmo», jogando «com mais regularidade».

«O meu objectivo é ficar no plantel e apesar de a concorrência ser muito forte, isso permitiria que eu evoluísse ainda mais», disse o jogador, que aponta Sapunaru e Fucile como referências pessoais.

David elevou as expectativas dos “dragões” para a próxima época, antevendo «mais um ano glorioso, de sucesso e de grandes conquistas» e reconheceu que «ter o Hulk pela frente, para primeira experiência é óptimo». 

«É um dos melhores do mundo e assim torna-se mais fácil enfrentar outros jogadores», concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.