O avançado colombiano Teófilo Gutiérrez complicou a sua transferência para o Sporting com exigências salariais de última hora para assinar pelo emblema de Alvalade.

De acordo com o diário argentino Olé, o avançado colombiano pediu quase mais 70 por cento de salário do que estava inicialmente em cima da mesa de negociações para assinar um contrato com o Sporting por três temporadas e poderá ter colocado a sua transferência em causa, uma vez que o Sporting não irá ceder a exigências de última hora como no recente caso de Wolfswinkel.

Para além disso, Teófilo Gutiérrez ainda reclama uma dívida por pagar do River Plate, embora o emblema argentino já tenha garantido que nada deve ao avançado colombiano. Sporting e River Plate já tinham acordado a transferência do internacional colombiano por 1,7 milhões de euros, mas as exigências inesperadas por parte do jogador podem inviabilizar o negócio.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.