O negócio ficou fechado por cerca de 2 milhões de euros e prevê um contrato válido por quatro temporadas de águia ao peito. As boas relações entre os presidentes do Benfica e do Rio Ave facilitaram as negociações e é possível que, num futuro próximo, sejam cedidos jogadores encarnados à formação de Vila do Conde.

Jorge Jesus já tinha admitido que seguia o jovem defesa, de 20 anos, e nos tempos de treinador no Restelo, Jesus tinha tentado a contratação de Fábio Faria. Um das características que “seduziu” Jorge Jesus foi o facto de ser canhoto, algo raro em Portugal.

Ontem, após o encontro com o BATE Borisov, remeteu para a SAD encarnada qualquer resposta sobre esta situação.

Quando contactado pelo Record, Fábio Faria jogou à defesa, não admitindo, para já, o fecho do negócio.

“Confesso que fiquei surpreendido com a notícia. É o objectivo de qualquer jogador, mas só acredito mesmo quando estiver tudo assinado. Se me sinto pronto para dar o salto? Sim, sinto estar preparado para ir para o Benfica. De momento não posso adiantar mais nada. Estou à espera de falar com o meu empresário porque hoje [ontem], o mister Carlos Brito me perguntou se ia mesmo para o Benfica”, frisou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.