O treinador do Farense garantiu hoje que a equipa não perdeu ritmo competitivo e quer manter a sequência de vitórias na receção de sábado ao Vitória de Guimarães, da 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

Após três semanas sem jogos oficiais, devido à pausa para os compromissos das seleções e para a quarta ronda da Taça de Portugal, prova em que o Farense já tinha sido eliminado, José Mota frisou, na antevisão em vídeo divulgada pelo clube algarvio, que os seus atletas trabalharam "muitíssimo bem" neste período.

"Não perdemos ritmo competitivo, porque estivemos sempre a trabalhar muitíssimo bem, com uma grande entrega dos atletas, com responsabilidade muito grande. Quando assim é, percebemos que estamos preparados para tentar dar continuidade àquilo que estamos a fazer", disse.

O técnico acrescentou que "nem tudo foi negativo", porque esta fase da época permitiu recuperar "alguns jogadores de pequenas lesões", além do regresso aos treinos do médio ofensivo colombiano Velásquez, ausente quase um ano devido a uma rotura no ligamento cruzado do joelho direito, e que será, na ótica de José Mota, "um dos reforços de janeiro".

O objetivo para a receção ao Vitória de Guimarães passa por "dar sequência" ao ciclo de quatro jogos sem perder e três vitórias consecutivas.

"Temos uma sequência de quatro jogos sem perder e queremos dar continuidade. Mas também é verdade que vamos defrontar um grande adversário, que luta por objetivos europeus. Um clube com aquela tradição e dimensão que todos nós conhecemos e que com certeza vai querer ter no São Luís um bom desempenho", referiu o técnico do emblema de Faro.

O Estádio de São Luís celebra hoje o seu centenário e José Mota espera uma grande afluência de público no jogo de sábado, que possa ajudar a equipa a chegar ao triunfo.

"Fazemos 100 anos do nosso estádio. Percebo que vamos ter aqui uma grande afluência de público, o povo de Faro gosta do Farense e de futebol e vamos ter aqui uma boa casa, com certeza. E que essa casa e esse público nos ajude a ultrapassar este adversário difícil", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.