Os três jogadores, que já falharam terça-feira a goleada ao Sporting (5-2), para os quartos de final da Taça de Portugal, continuam entregues aos cuidados do departamento médico e limitaram-se a fazer tratamento.

O treinador Jesualdo Ferreira chamou o avançado júnior Claro aos trabalhos do plantel principal, para colmatar as várias ausências, depois de quinta-feira ter contado com a presença de Engin Bekdemir.

O FC Porto encerra sábado a preparação do jogo com a Naval 1.º de Maio, com a realização de um treino "à porta fechada", no Dragão, pelas 10:00, seguido da conferência de imprensa de antevisão da partida.

Os tetracampeões nacionais, actuais terceiros classificados da Liga, a nove pontos do agora líder Benfica (conta mais um jogo disputado), recebe domingo a Naval 1.º de Maio, 11.ª, no Estádio do Dragão, no Porto, a partir das 20:15 horas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.