"Podíamos ter ganho no segundo tempo. Temos que continuar a melhorar e a subir de produção. Devíamos ter entrado assim, fortes e decididos, desde o início. Foi pena não se ter marcado o segundo golo", afirmou Ernesto Farías, que somou hoje o seu quarto golo no campeonato, num jogo em que relegou Falcao para o banco de suplentes.

Todavia, para o avançado portista, a escorregadela desta noite terá pouco significado na luta pelo título: "Há que trabalhar da mesma forma para renovar o título."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.