O FC Porto é a 17.ª equipa com maior utilização de estrangeiros na Europa, de acordo com um estudo hoje publicado pelo Observatório do Futebol, que analisou 31 campeonatos.

Num estudo que incide sobre os minutos de utilização de jogadores estrangeiros, os ‘dragões’ têm 83,2 por cento de futebolistas não portugueses a atuar.

O Benfica é o outro ‘grande’ a aparecer nesta lista, empatado na 73.ª posição, com 65,6 por cento dos minutos jogados este ano a serem cumpridos por estrangeiros.

No ‘top-100’ deste ‘ranking’ está também o Vitória de Guimarães (47.º, com 72,9%), o Moreirense (69.º, com 66,9), o Sporting de Braga (88.º, com 62,4), o Marítimo (92.º, com 61,5) e o Feirense (60,6).

A tabela é liderada pelo Apollon Limassol, dos portugueses Bruno Vale e João Pedro, que apenas utilizou 1,1 por cento de cipriotas esta temporada.

O Anorthosis, do português Caló, é a segunda equipa na tabela (95,3 por cento), seguido do AEK Larnaca (91,5), do lateral luso Nelson.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.