O médio Hugo Viana disse hoje que o Sporting de Braga e o FC Porto, adversário de sábado na quarta jornada da liga de futebol, são até ao momento as melhores equipas do campeonato.

“A equipa que ganha o campeonato é a melhor pelo que se o Porto está em primeiro e o Braga em segundo até agora têm sido as duas melhores. Se vão continuar a ser não sei, mas em termos de trabalho, querer e empenho vamos fazer tudo para estar o mais em cima possível”, afirmou o jogador.

Apesar de ter referido que o FC Porto “talvez esteja mais forte, mais consistente” do que última época, o médio aproveitou para lembrar que o Sporting de Braga continua “na mesma linha ou melhor”.

Hugo Viana sublinhou que “não há favoritos” para o jogo de sábado, às 21:15, no Estádio do Dragão: “ [Será um jogo] muito difícil contra uma equipa que tem estado muito bem, mas o Porto também sabe que o Braga tem estado ao nível dos últimos tempos”.

Em caso de vitória, o Sporting de Braga passa para a frente do campeonato – as duas equipas estão separadas por dois pontos -, mas o médio, que admite não estar ainda nos seus melhores índices físicos, garante que não tem pressa em lá chegar.

“A equipa está bem, a trabalhar com muita vontade. Sabemos da importância do jogo, mas o campeonato está a começar, teremos muitas oportunidades para estar em primeiro, todos desejamos que isso aconteça, mas o objetivo neste momento é estar o mais à frente possível”, frisou.

O jogo antecede a estreia na fase de grupos da Liga dos Campeões, quarta-feira, em Londres, ante o Arsenal, mas Viana não teme influências: “São jogos diferentes, mas era muito bom conseguirmos um bom resultado no ‘Dragão’ para irmos com confiança para o Arsenal”.

O jogador desvalorizou ainda a derrota (5-1) sofrida pelos bracarenses no “Dragão” na época passada, recusando a ideia de vingança: “Foi [uma derrota] pesada, mas já foi há muito tempo, o Braga já teve jogos mais importantes que esse e portanto não afectará em nada”.

Viana disse também que o plantel é mais forte em relação ao da temporada passada e que “o Braga deu um passo em frente em termos de qualidade e de resultados”.

Para o jogador, a temporada passada não foi obra do acaso: “Foi surpresa para muita gente termos estado tão bem no campeonato, mas o que é certo é que o Braga conseguiu qualificar-se para a Liga dos Campeões e a equipa que o fez está de parabéns e tem muito mérito”.

O internacional português, de 27 anos, admitiu que a desvinculação dos espanhóis do Valência e assinatura de um contrato de três temporadas com os minhotos, há menos de duas semanas, o que lhe dá mais “estabilidade” na carreira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.