Já com o encontro resolvido, Maxi Pereira foi expulso aos 88 minutos após uma entrada muito dura sobre Davison. O árbitro Carlos Xistra não perdoou e mostrou o cartão vermelho direto ao lateral uruguaio, lance que o FC Porto criticou através da publicação Dragões Diário deste domingo.

“O uruguaio teve uma entrada ao estilo das que tinha quando vestia outra camisola, sendo que deixou de beneficiar da proteção de então”, escrevem os Dragões.

O FC Porto vai mais longe e aponta o dedo à atuação de Xistra em Chaves: “A nossa equipa continua a três pontos da liderança da Liga Salazar e desta vez teve a felicidade de só ter sido prejudicada numa grande penalidade clara, por derrube de Otávio, imediatamente antes do primeiro golo”.

“Dado o panorama das últimas jornadas, quase que podemos classificar a arbitragem de excelente - afinal, foi só um penálti, quando o habitual tem sido entre os dois e os três”, sublinhou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.