O FC Porto já reagiu ao processo disciplinar instaurado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) a Yacine Brahimi, na sequência do lance do argelino com Niltinho, no jogo entre os dragões e o Desportivo de Chaves, na jornada inaugural da I Liga.

Através da conta "FC Porto Media" na rede social Twitter , os campeões nacionais lembraram um comunicado do organismo liderado por José Manuel Meirim, em que o CD escreveu que não podia ser um "videoárbitro permanente", depois das absolvições de Jonas e Samaris.

"VAR só de vez em quando. Mais depressa se apanha...", pode ler-se no Twitter do departamento de comunicação do FC Porto.

Recorde-se que a Comissão de Instrutores da Liga tinha decidido arquivar a queixa do Benfica contra Brahimi.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.