Felipe foi um dos jogadores que viu de perto o drama de Casillas. O defesa central contou esta quinta-feira, como viveu a situação em que o guarda-redes sofreu um enfarte agudo do miocárdio no treino do FC Porto esta quarta-feira.

"Estávamos a treinar normalmente, aí ele sentiu uma dor forte. Rapidamente o doutor levou-o para o hospital. A vida é muito frágil, agora é cuidar da saúde. Motivação? Nunca podemos desmotivar, independentemente do que acontece. A prioridade é saber que está tudo bem para que volte mais forte e nos possa ajudar", contou o defesa central, à saída do Olival, após mais um treino do FC Porto.

Os jogadores do plantel tinham agendado uma visita ao guarda-redes espanhol mas acabaram por cancelar a ida ao hospital onde está internado Iker Casillas.

"É um companheiro que nos ajuda dentro e fora de campo. Desejamos-lhe toda a força do mundo. Ele precisa de descanso, vamos dar-lhe esse descanso para voltar mais forte. Não pode ficar nervoso ou ansioso, sabemos que está muito bem e há que respeitar esse limite. Quando estiver muito bem podemos fazer essa visita", sublinhou Felipe.

Alex Telles foi outro dos jogadores do plantel portista a falar à comunicação social. O lateral

"É melhor ele descansar. Foi um susto para todos nós. O importante é que fique bem. Tenho a certeza que vai ficar tudo bem", comentou o lateral brasileiro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.