Está confirmado, Felipe vai ser jogador do FC Porto. A confirmação foi dado pelo Presidente do Corinthians, Roberto Andrade. Os ‘dragões’ vão pagar ao clube brasileiro 6.2 milhões de euros por 75% do passe do central.

Ao jornal brasileiro ‘Lance’, Roberto Andrade revelou que haviam outros clube na corrida e que o clube paulista nãio queria ficar sem Felipe, mas que não conseguiam resistir a uma quarta investida.

“Não queríamos que o jogador saísse e tentámos de tudo para ficar com ele; apareceu uma proposta e Felipe decidiu ficar porque queria afirmar-se no Corinthians; quando apareceu uma segunda proposta, Felipe esteve quase a sair, mas fizemos um reajuste no salário e o jogador manteve-se; no entanto, apareceu uma terceira proposta e tivemos de comprar os 50% dos direitos do jogador (só tínhamos metade) para podermos aumentar o salário; agora, com a quarta proposta, não houve nada a fazer, pois Felipe queria sair e o valor oferecido também era justo”.

A vontade do jogador em rumar a Portugal foi uma das pedras basilares para o negócio. O defesa central já tinha admitido até que estava a 90 por cento no FC Porto. Sobre a intenção de Felipe querer sair, o Presidente do Corinthians admite que já a conhecia e que percebe os motivos do jogador.

“Ele tem quase 28 anos, é o espaço que resta para jogar num alto nível com um contrato melhor. Não tem como travar o jogador de chegar a outros voos financeiros, mas só a esse nível, pois ele pode jogar em qualquer clube do mundo que não será maior do que o Corinthians”.

Felipe é o primeiro reforço confirmado para a equipa de Nuno Espírito Santo. Reforçar o setor defensivo é uma das prioridades para o clube azul e branco antes do começo da próxima temporada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.