Fernando Mira, treinador que sucede transitoriamente ao francês Victor Zvunka no comando técnico da Naval, disse hoje, estar confiante na conquista de uma vitória frente ao Paços de Ferreira, na antevisão da 7.ª jornada Liga portuguesa de futebol.

“A minha confiança advém dos indicadores que me foram dados ao longo da semana pelos meus jogadores, revelando muito profissionalismo e entrega, trabalhando para serem titulares e com um discurso de vitória”, vincou.

Mira manifestou que a equipa está plenamente consciente do valor do adversário e das dificuldades que tem de ultrapassar.

“Espero um Paços forte, que vem disputar o resultado palmo a palmo, e que pratica um bom futebol pelos corredores com fácil remate de meia distância”, afirmou.

“Não existe nada de novo da nossa parte, os meus jogadores sabem e estão avisados que, para vencer o Paços, é necessário trabalhar mais do que eles, correr mais e apresentar melhor dinâmica. Se o conseguirmos estou certo que podemos chegar à vitória”, considerou.

O técnico sublinhou que “a conquista destes três pontos é muito importante” e desvalorizou o facto de a equipa não vencer em casa há seis meses. “Os jogadores não ligam às estatísticas, estamos todos focados na vitória”, finalizou.

Naval, 14.º classificado, com quatro pontos, e Paços Ferreira, 10.º, com sete, defrontam-se domingo pelas 16:00 na Figueira da Foz, em jogo que será arbitrado por Rui Silva, de Vila Real.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.