O Portimonense regressou ao convívio dos grandes e estreou-se com uma derrota frente ao vice campeão. Litos lamentou os erros, mas realçou a produção da equipa.   

“Fico satisfeito como que a equipa produziu”, começou por dizer, acrescentando que “algumas falhas foram fatais”:

“O primeiro golo não podia acontecer e queríamos retardar ao máximo esse momento. Depois do 2-1 estávamos a controlar o jogo e foi por mais uma apatia da nossa parte que sofremos o terceiro”, relatou o treinador algarvio.

Litos deu ainda por evidente a queda dos índices físicos da sua equipa e vincou que o Portimonense vai apostar num futebol de ataque neste campeonato.

Em conferência de imprensa, Litos não teve dúvidas em afirmar que o resultado foi "mais do que justo", porque venceu "a equipa mais forte".

"Tivemos alguma ingenuidade durante o jogo que acabaram por resultar em golos da equipa adversária mas também é verdade que o Portimonense tem uma equipa jovem e que terá de aprender rápido para evitar este tipo de derrotas."

Para o futuro da equipa algarvia, que 20 anos depois junta-se ao lote de 16 equipas da I Liga, Litos garante "ambição de ganhar".

"O que ficou evidente neste jogo é que o Portimonense deixou uma boa impressão para esta nova época na luta pela permanência na I Liga", rematou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.