A FIFA vai contactar a Federação Portuguesa de Futebol para obter mais informações sobre as eleições na Liga Portuguesa de Futebol Profissional.

"Ainda não fomos oficialmente informados e vamos contactar a Federação sobre este assunto", disse, à agência Lusa, um porta-voz do organismo internacional.

As eleições da Liga de clubes, que reelegeram Mário Figueiredo para um segundo mandato, foram anuladas pelo Conselho de Justiça (CJ) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), que mandou repetir as eleições, por considerar que as listas encabeçadas por Fernando Seara e Rui Alves eram elegíveis.

Mário Figueiredo concorreu sozinho porque o presidente da Mesa da Assembleia Geral da Liga, Carlos Deus Pereira, rejeitou as candidaturas de Rui Alves e Fernando Seara, alegando que estas não apresentaram candidatos a todos os órgãos sociais da Liga. O CJ da FPF considerou ainda que a lista de Mário Figueiredo tinha vícios processuais, que podiam ser resolvidos.

Entretanto, Mário Figueiredo interpôs uma providência cautelar para travar os acórdãos do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol que obrigam à repetição das eleições na Liga.

Mário Figueiredo, que preside à LPFP desde janeiro de 2012, foi reeleito com os votos de apenas sete clubes (Sporting, Paços de Ferreira e Belenenses, da I Liga, Leixões, Farense, Santa Clara e Atlético, da II Liga).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.