“Acho que continuamos um percurso em crescendo, mas convém não entrar em entusiasmo. Foi uma exibição brilhante, com imensas oportunidades. Foi pena não termos conseguido um resultado mais volumoso. Mas o que realmente conta é o crescimento desta equipa”, analisou André Villas-Boas, em conferência de imprensa depois do encontro com os italianos da Sampdoria, com vitória da equipa da casa.

André Villas-Boas retirou, à imagem do que aconteceu no último jogo com o Ajax, “tudo de positivo” deste encontro e prometeu que irá continuar a mostrar “este futebol de confiança”.

“Houve um domínio absoluto da equipa do FC Porto”, frisou.

Sobre a equipa portista, o treinador afirmou que “ainda está em construção”, nomeadamente à procura de um ponta de lança.

“O mercado está aberto até final do mês de Agosto. O FC Porto espreita as melhores oportunidades, por isso somos fortes no mercado”, acrescentou o técnico.

Fucile, Bruno Alves e Raul Meireles foram hoje apresentados como jogadores do FC Porto mas as suas ausências no campo contra a Sampdoria aumentaram as possibilidades de estes deixarem de fazer parte dos planos de Villas-Boas para a nova época. Mas este realçou que enquanto forem jogadores do FC Porto, serão tratados com tal e não como "marginais".

André disse ainda que não está “obcecado com as goleadas”, mas sim em alcançar a coesão na formação azul e branca.

Os Dragões apresentaram-se, este domingo, com uma vitória por 2-1 sobre os italianos da Sampdoria, no Estádio do Dragão, perante 40 mil adeptos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.