Depois de ter apresentado oficialmente a candidatura à presidência do Sporting no passado dia 26 de junho, Frederico Varandas veio agora apresentar o programa eleitoral para as eleições de dia 8 de setembro.

O antigo diretor clínico dos 'leões' referiu que "um futebol forte é a mola do Sporting" e que pretende que o clube tenha "uma estrutura clara, definida com regras de comando. Não acredito em nenhum clube, sociedade, confraria onde o presidente não perceba do verdadeiro negócio do clube. Têm de assumir o futebol. Já trabalhei com muitos, mas assumir o futebol não é assinar de cruz".

“Acredito muito na competência da minha equipa e tenho a certeza que esta equipa vai vencer. Conheço a estrutura do Sporting como a minha mão. Quem se quiser juntar, arranja-se espaço”, afirmou Frederico Varandas em conferência de imprensa, na sua sede da candidatura, em Lisboa.

Para Frederico Varandas, um dos maiores problemas do Sporting atualmente é o departamento de scouting. "Temos de saber tudo dos jogadores: se satisfaz o treinador, assim como o presidente, tanto na exigência, mas também o que é como jogador e profissional. Os seus hábitos pessoais, família, o seu passado de lesões. Lembro-me que me chegaram às mãos jogadores referenciados pelo departamento de scouting com mais oito quilos. Ganhos em seis semanas! Pode ter muita competência técnica, mas comigo não entra. Um jogador assim nunca dá nada ao grupo. Tem de haver uma política de contratações perfeitamente assumida e definida. Os tempos não vão ser fáceis e os nossos rivais são muito competitivos. Temos de acertar mais e falhar menos!", alertou Varandas, explicando de seguida o que pretende fazer caso seja eleito.

"O futebol é um jogo de jogadores de futebol e a formação do plantel define muitas vezes 80% do sucesso desportivo. E provavelmente estamos muito atrás dos nossos rivais nesse aspeto. Digam-me três jogadores que tenham sido bem comprados e bem vendidos. Um sim, dois também, o terceiro não existe. Nos nossos rivais consigo nomear dez. O nosso departamento de scouting está desatualizado. Queremos criar uma rede de olheiros espalhados em mercados apetecíveis", revelou Varandas.

Outro dos enfoques da candidatura de Frederico Varandas é a formação de atletas. "Os nossos rivais preocupam-se muito mais na formação hoje em dia do que há 10 anos . Não podemos usar as mesmas práticas que usávamos há 10 anos. Vamos ter coordenadores na zona Norte, Centro e Sul, com subcoordenadores. Hoje vivemos de uma rede completamente abandonada", lamentou o candidato.

Quanto às modalidades, Varandas quer criar um departamento profissional e prometeu o regresso do basquetebol, bem como a aposta em novos desportos, como o padel.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.