O Sporting entregou, na quarta-feira, os prémios Stromp2019, com destaque para os que foram atribuídos ao presidente Frederico Varandas, como dirigente, a Bruno Fernandes, como futebolista, e ao judoca Jorge Fonseca, campeão do mundo, como atleta.

A cerimónia, que decorreu numa unidade hoteleira de Lisboa, envolveu 40 premiados, 14 dos quais escolhidos pelos membros do Grupo Stromp e 26 por inerência, atribuídos a atletas medalhados em campeonatos do mundo e da Europa.

Nos prémios por escolha, Frederico Varandas recebeu o de Dirigente do Ano, Jorge Fonseca o de Atleta do Ano, a voleibolista Fernanda Silva a de Atleta do Ano, Bruno Fernandes, o de Futebolista, o jovem da equipa de futebol sub-23 Tomás Silva, o de Revelação, tal como Erick Mendonça, no futsal.

O prémio Academia foi entregue ao jovem futebolista Joelson Fernandes, enquanto o de Técnico do Ano coube aos treinadores Paulo Freitas (hóquei em patins), Nuno Dias (futsal) e Pedro Soares (judo), sendo de destacar o prémio Stromp Saudade atribuído ao antigo futebolista Rui Jordão, falecido no passado dia 18 de outubro.

Nos prémios por inerência, de realçar o que foi entregue aos campeões do mundo de futebol de praia, título conquistado há duas semanas, que representam o Sporting: Madjer, Nuno Belchior, Rui Coimbra, Tiago Petrony e João Gonçalves, conhecido por Von.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.