Bruno de Carvalho fez um retrato do atual estado do futebol português. O presidente do Sporting disse, esta sexta-feira, que o futebol nacional está muito atrasado em relação ao resto da Europa mas que nada está a ser feito para a mudança que se exige.

"Vejo uma vontade muito grande internacional em colocar o comboio do futebol e do desporto numa potência muito elevada e vejo o futebol português ainda com a vontade da velhinha carruagem, alimentada a carvão. É um choque voltar a Portugal e ver esta realidade. Devíamos fazer uma reflexão interna: temos que dar o passo em frente e não para o lado ou para trás. Nunca vi um caranguejo chegar à frente de nenhuma corrida", afirmou Bruno de Carvalho, em declarações reproduzidas na Sporting TV, à margem da sua participação num congresso em Londres.

O líder leonino frisou ainda que tem vindo a receber bom feedback sobre o seu trabalho no clube.

"É agradável verificar que as pessoas sentem que as ideias do Sporting fazem, de facto, sentido neste momento do futebol. E também sabem que fomos importantes para a mudança, numa altura em que ninguém acreditava que fosse possível, que eram temáticas que não podiam sequer ser discutidas. O futebol precisa de regulamentação, não só sobre as leis de jogo, mas também sobre este negócio multimilionário que cada vez envolve mais pessoas e dinheiro", comentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.