O Conselho Directivo do Sporting anunciou, em directiva interna, algumas normas de indumentária que os funcionários e colaboradores terão de cumprir e, entrou outras peças, as calças de ganga estão proibidas.

De acordo com o jornal Record, para os responsáveis verde e brancos “é imperativo que os valores do Grupo Sporting se vejam reflectidos em todos os seus funcionários, razão pela qual foi decidida a criação de normas”, sendo estas essenciais para que todos os trabalhadores “tenham uma imagem profissional, dentro dos parâmetros habituais de higiene e de vestuário adequado, questão que tem um impacto muito importante na representação e imagem do próprio clube”.

Para além das calças de ganga, está também desaconselhado o uso de calções, bermudas, ténis, chinelos desportivos e havaianas, assim como a apresentação de piercings e tatuagens”.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.